Pular para o conteúdo
10/01/2012 / Filipe Aguiar

Sobre PMs e bobos

Depois da bagunça causa pela presença da PM na usp, e da baderna causada pelos alunos, achei que a poeira tinha baixado e ia demorar um pouco pra acontecer algo do gênero.
Aí me aparece esse vídeo:

E aí a internet fica em polvorosa. É impressionante como sempre existe um assunto polêmico na internet, seja pra ser discutido no twitter ou compartilhado no facebook. E sempre tem o Capitão Óbvio, querendo mostrar sua superioridade política e filosófica, e comentando superficialmente sobre o assunto. Nesse caso, em específico, todo mundo tá descendo a lenha no policial, distribuindo acusações óbvias como “abuso de poder”, “racismo” e o escambau.

Sério? Sério que o policial abusou do poder investido nele? E é só isso que você tem pra falar a respeito?

Tudo começou quando o PM pediu pra ver a carteira de estudante do cidadão, que prontamente recusou-se e afirmou que sua palavra bastava. Rapaz, se um cara armado me pede pra ver minha carteira de estudante, eu mostro na hora. Mostro a identidade, mostro a carteira de motorista, CPF, título de eleitor, cartão da biblioteca. Eu vou até em casa com ele pra mostrar a minha certidão de nascimento. Mas não, eu não vou argumentar sobre direitos humanos com ele. Talvez seja só eu que goste de manter minha integridade física.

E se você está se perguntando “e se ele não estivesse com a carteira de estudante?”: ele estava. Não mostrou como forma de protesto sei lá contra o que. Ele faz questão de mostrar para a câmera em outro vídeo que a Folha postou.

Como o Izzy Nobre bem falou: curiosamente, eu jamais fui atacado pela polícia enquanto estava no trabalho. Jamais. Nem uma vez sequer. Ontem mesmo eu passei oito horas lá no trabalho e vocês nem acreditam na quantidade de policiais que não estava lá me espancando.

É esse o centro de toda a questão aqui. É muito fácil atribuir uma culpa quando esta é escancarada dessa forma. E é muito cômodo também. Você fala que o cara tá errado e se sente ultrajado por viver num país assim. Aí você senta com seus amigos no barzinho de costume e conversa sobre a brutalidade da polícia brasileira.

Mas, inconscientemente você esquece de citar outros fatos importantes ao caso. Você esquece que o prédio em que o estudante se encontrava estava abandonado e que havia sido invadido na semana anterior, que o estudante em questão estava acampando dentro do tal prédio, que a USP está em período de férias. E o mais importante: esquece que a culpa de um não exclui a culpa do outro.

E um evento como esse torna claro coisas que ninguém discute: que a polícia brasileira é mal preparada, que recebe mal, que as instituições de ensino estão largadas às traças. Mas é muito mais fácil apontar a culpa do policial truculento do que argumentar que esse tipo de comportamento é um  resquício da ditadura (opinião da qual eu discordo, mas que vale pela argumentação).

Nada é preto no branco, nada é tão maniqueísta assim. Nem sempre existe um lado certo, pelo menos não totalmente. Essa postura de dar opinião sem sequer pensar a respeito é rasa e extremamente prejudicial, varrendo vários outros problemas maiores para debaixo do tapete da sociedade. Além de não crescer como pessoa, você faz papel de bobo.

Anúncios

One Comment

Deixe um comentário
  1. Nana Soares / jan 10 2012 8:37 PM

    “oi senhor policial, tudo bem? serah que vc pode me agredir aqui? eh que tem um amigo meu filmando e eu queria poder colocar no you tube e ganhar uns trocados vendendo para a midia, ou dando o video de graca mesmo, porque eu gosto de pirraca, senhor policial!”

    de onde eu venho invasao de predio publico nao eh legal e gritar com autoridades tambem nao, mas isso eu aprendi em casa, neh?

    estudei em universidade publica e vi muito aluno sem vergonha.
    posso estar errada, mas nao vi nesse video nenhum aluno dizendo: o meu irmao, mostra a carteirinha ai pra gente ficar numa boa, vai!
    alguem viu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: